Sentimentos

Existem sentimentos bons e sentimentos maus. Assim como há pessoas boas e pessoas más. O meu sentimento tem sido o mais revoltante possivel, penso eu. Não me consigo conformar com a partida da minha avó. Sonho com ela a chamar por mim. Acordo a pensar nela. Adormeço a pensar no que acontece depois da morte. Será que ela está bem? Será que ela nos consegue ver? Será?? Tantas perguntas e sem nenhuma resposta. Tenho saudades do cheiro dela, do sorriso dela, da voz dela. Tenho saudades dela. É tudo tão injusto. Primeiro o meu pai, agora a minha avó. Eu não consigo aceitar. Só me faz cada vez mais pensar em não ter filhos. Não é justo eu ser egoísta e pensar na alegria de ter um filho e não pensar na dor que ela irá sentir quando eu me for, ou o pai. Não é justo. Se eu quando nasci, me tivesse dado a escolher (já eu sabendo que ia sofrer isto) eu preferia nem sequer viver. Não é justo... Ninguém merece perder quem ama. Ninguém merece passar por esta maldade. Tanta maldade no mundo e tinha de existir mais esta? Não consigo me conformar...